Maio 6, 2021

Tudo sobre o Karting de competição

CHRISTIAN COSTOYA MICRO, RODRIGO VILACA NA MINI, JOAO OLIVEIRA JUNIOR, MARTIM NUNES MAX, GONCALO COUTINHO DD2 e VITOR MENDES DD2 MASTER, vencem primeira etapa do Troféu Rotax

6 min read

Portimão recebeu a caravana da Rotax da melhor forma, deixando bem claro que esta é a pista que deve iniciar qualquer ciclo de provas, foi com sol e um calor que só o Algarve pode oferecer nesta data do ano que o primeiro dia de provas se desenrolou.

 

MICRO

Christian Costoya do piloto oficial da CRG, cada vez mais forte chegou viu e venceu, polposicion em ambas as mangas vence ambas as provas sem qualquer margem para duvida. Contando com 12 pilotos, na primeira manga Rodrigo Seabra larga da segunda posição, mas logo no arranque perde duas posições, conseguindo recuperar no decorrer da terceira volta retomando a segunda posição, lugar que mantém até há volta sétima altura que volta a perder uma posição. Combativo e bastante evoluído tecnicamente aguarda duas voltas e no entrar da ultima volta após uma excelente ultrapassagem retoma a segunda posição. Na terceira posição termina o jovem Afonso Ferreira (Praga) recém chegado da Micro Academy, deixando bem claro que este ano devem contar com ele nos lugares da frente, muito lutador, chegou a andar na segunda posição durante quatro voltas posição que não conseguiu manter terminando em terceiro. Martin Marques também ele esteve em destaque neste grupo, largando da quinta posição rapidamente tomou a quarta posição e desde a segunda volta ali se manteve.

Na segunda manga voltamos a assistir a uma excelente corrida, com os quatro magníficos a lutarem por cada palmo de pista, com empenho e principalmente muita dignidade pois durante as sete voltas que tiveram de cumprir nunca se tocaram, e muitas foram as vezes que trocaram de posição. Costoya liderava, sendo seguido de muito perto por Rodrigo Seabra, Afonso Ferreira e Martin Marques da RAC-Racing Academy & Competition, que nunca baixando os braços marcou o segundo lugar como seu, sendo Rodrigo Seabra o Terceiro, Afonso fechou este leque dos quatro magníficos que discutiram entre si os lugares do Pódio.

Na quinta posição contamos na primeira manga com Pedro Nunes e na segunda manga com o Tomás Lobo, o “James Hunt” tal são as parecenças com este mítico piloto de Formula 1.

No final após somatório de pontos Christian Costoya foi o primeiro, Rodrigo Seabra o segundo e Martin Marques o Terceiro.

This slideshow requires JavaScript.

 

MINI

Rodrigo Vilaça o Senhor da classe mini no Kartódromo de Portimão.

Nesta classe que contou com cinco participantes, a historia das corridas repetiu-se em ambas as mangas, Rodrigo Vilaça (TonyKart) venceu, Gonçalo Pereira (Praga) foi segundo após luta de posição com Pedro Barbosa que se classificou em terceiro.

Frederico Pinto Coelho (TonyKart) terminou em quarto lugar seguido sempre de perto pelo Davide Malvetta (TonyKart) que terminou em quinto.

This slideshow requires JavaScript.

 

JÚNIOR

Na categoria Júnior contamos com 13 pilotos, e mais uma vez cinco estiveram em destaque. João Oliveira (TonyKart) sempre muito calmo e concentrado venceu em ambas as mangas, detentor da polposicion em ambas as mangas, na primeira após a largada cai para segundo precedendo Diogo Martins (TonyKart) que liderou durante duas voltas. No decorrer da terceira volta João Oliveira tomou a dianteira posição que manteve até ao final. Diogo Martins, na altura que é dobrado desconcentra-se um pouco e cai para a terceira posição lugar onde se manteve durante três voltas, altura em que retoma a segunda posição, mantendo-a até ao final. José Pinheiro (Parolin) larga da quarta posição e na largada perde uma posição, muito combativo como é seu habito recupera de quinto e termina a manga na terceira posição.

Guilhermo Pernia com o terceiro melhor tempo, mantém a posição, e no inicio da terceira volta passa para segundo, posição que mantém durante três voltas, altura em que se envolve numa luta entre Matilde Magalhães (Birel) e Duarte Pinto Coelho (TonyKart) caindo para a sexta posição, recuperando a partir da décima primeira volta termina em quarto, Matilde termina em quinto, mas após penalização de 5 segundos cai para sexta, ficando Duarte Pinto Coelho em quinto.

Na segunda Manga João Oliveira volta a vencer, após meia prova atrás de Diogo Martins, Guilherme Pernia larga da segunda posição perde uma posição, lugar que consegue recuperar no decorrer da sétima volta terminando em segundo. José Pinheiro larga da quarta posição anda num zizagear entre a quarta e a quinta posição durante três voltas, altura em que passa para quarto lugar, posição que mantem até há ultima volta subindo para terceiro. Diogo Martins termina na quarta posição e Duarte Pinto Coelho em quinto.

Feitas as contas João Oliveira é primeiro, Diogo Martins segundo e Guilhermo Pernia Terceiro.

Matilde Magalhães classifica-se como a melhor piloto feminina.

This slideshow requires JavaScript.

 

MAX

Nesta classe que contou com 21 pilotos, Guilherme Oliveira fez o melhor tempo para a 1ª manga e Gabriel Caçoilo o melhor tempo para a segunda manga.

Na primeira manga Guilherme Oliveira (TonyKart) lidera durante três voltas, altura em que um problema com o motor o faz cair várias posições, sendo obrigado a desistir na sexta volta.

Martin Nunes Piloto Madeirense, que este ano esta a disputar o Troféu Rotax inserido na equipa da Norma Kart (TonyKart), tendo largado da quarta posição, após a desistência do Guilherme Oliveira tomou a dianteira encetando uma luta entre portas com o seu colega de equipa Jesse Doorgeest (TonyKart) e Gabriel Caçoilo (TonyKart) chegando mesmo a liderar a corrida durante uma volta cada um dos pilotos, mas após a oitava volta Martin Nunes retomou a liderança vencendo a prova, Jesse Doorgeest foi segundo e Gabriel Caçoilo terceiro. Noah Silva (DR) largou da nona posição e em quatro voltas recuperou até há quarta posição, mantendo a posição até ao final, Rodrigo Lessa (TonyKart) com o oitavo melhor tempo recupera três posições em três voltas e a partir da quarta volta ocupa a quinta posição.

Na segunda manga Guilherme Oliveira larga da segunda posição e no decorrer da terceira volta toma a dianteira posição que defende até ao final de Gabriel Caçoilo que termina em segundo. Nesta Manga Jesse Doorgeest troca de posição com Martim Nunes terminando em terceiro e Martim Nunes em quarto, Noah Silva mais uma vez realiza uma boa recuperação e de oitavo encerra o Top 5.

Anastacia Khomyn em estreia absoluta nas pistas e na Max foi a melhor senhora, manteve-se a meio da tabela classificativa deixando excelentes apontamentos em pista.

This slideshow requires JavaScript.

 

DD2 e DD2 MASTER

Na DD2 estiveram presentes 10 pilotos sendo 4 deles Master.

Gonçalo Coutinho “The Roch”, esteve irrepreensível, polposicion e vitoria em ambas as mangas.

Na primeira manga Gonçalo Coutinho pilotando um Praga liderou da primeira há ultima volta seguido sempre de perto por Guilherme Oliveira (TonyKart) (que estava inscrito em duas classes sendo na DD2 a sua estreia) a escassos 0.207.

José Barros (EKR) também ele um estreante na DD2 é o piloto mais jovem desta classe pois somente com 14 anos passou da Júnior para a classe rainha da Rotax. Com um grande à vontade José provou o seu valor, com o terceiro melhor tempo, perde duas posições na largada, mas que rapidamente recupera e há terceira volta já ocupava o terceiro lugar, Vítor Mendes (Praga) da DD2 Master termina em quarto da geral e 1º da Master e Ruben Silva (TonyKart) quinto, Bravo Lima (Praga) da Master largando da sexta posição sobe uma posição mas a quatro voltas do final retoma a seita posição geral e 2ª da Master, João Dias que se estreia no Troféu Rotax também ele na DD2 Master ao volante de um Tonykart termina em sétimo da Geral e 3º da Master.

Na segunda Manga Gonçalo vence, teve que se aplicar um pouco pois mais, pois Guilherme Oliveira que nesta manga terminou na terceira posição, liderou entre a terceira e a quinta volta. José Barros que vinha da terceira posição inicia um ataque cerrado a Guilherme Oliveira e a três voltas do fim realiza uma ultrapassagem extraordinária chamando a si o segundo lugar final. Vítor Mendes e Rui Silva realizam uma prova extraordinária, com trocas de posições quase constantes, sendo Rui Silva a terminar em quarto e Vítor Mendes em quinto e 1º da Master, João Dias termina em 2º da DD2 Master e em Terceiro fica Daniel Oliveira.

Contas feitas na DD2

Gonçalo Coutinho     1º

Guilherme Oliveira   2º

José Barros                3º

This slideshow requires JavaScript.

DD2 Master

Vítor Mendes          1º

João Dias                2º

Daniel Oliveira      3º

This slideshow requires JavaScript.

 

Texto e Fotos José Lourenço

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share