Quando estamos a chegar à hora de todas as decisões, os seis espanhóis presentes na Rotax Max Challenge Grand Finals vão ter muito trabalho pela frente para garantir presenças nas Finais de sábado. O dia de ontem não correu bem a ‘nuestros hermanos’ que hoje vão disputar a Pré-Final, necessitando desesperadamente de subir posições na classificação.

Christian Costoya

Depois de na 4ª feira ter sido um dos melhores pilotos da comitiva espanhola, Christian Costoya teve um dia difícil, ontem na manga de qualificação da Mini-Max. O galego saiu da 22ª posição para a corrida, mas acabaria no decurso da mesma por cair 10 lugares. Hoje sai para a Pré-Final do 25º lugar.

Gervásio Collar

Depois de anteontem ter concluído a sua manga de qualificação na 31ª posição, Gervásio Collar foi 32º no dia de ontem, posição que o atira para 16ª linha da grelha na pré-Final, correspondente ao 32º lugar.

Adrian García López

Adrian García López não tem tido de todo a ‘estrelinha da sorte’ do seu lado no Brasil. O jovem de Madrid precisava de um bom resultado ontem nas duas mangas de qualificação disputadas, mas acabou por não concretizar esse objectivo. Na primeira manga do dia esteve muito bem, concluindo em 15º depois de uma ‘remontada’ que lhe permitiu ‘galgar’ oito posições. Mas, na última manga de qualificação não conseguiu manter o registo, terminando em 25, depois de partido em 23º. Feitas as contas, está em 41ª para a Pré-Final, ou seja, precisa de subir lugares.

Ramon Piñeiro

No dia de ontem, Ramon Piñeiro foi o melhor de todos os espanhóis no Circuito Internacional Paladino. O catalão sabia que precisava de subir lugares e concluiu a primeira manga de qualificação em 15º, após recuperar nove posições. Na derradeira manga foi 20º, desta feita recuperando cinco lugares. Sai para a Pré-Final de hoje em 43º, pelo que ainda terá que ganhar posições.

Lluc Ibañez

O representante de Espanha na DD2 tinha estado bem na 4ª feira e manteve o registo na primeira das duas mangas de qualificação, concluindo em 16º depois de ter partido em 18º. Na 2ª manga de qualificação foi infeliz, perdeu oito posições e concluiu em 26º. Parte para a Pré-Final do 34º lugar, ou seja se não perder posições está dentro dos qualificáveis.

Gregorio Jimenez

O ‘cinquentão’ de Madrid está a desfrutar de uma bela experiência no Brasil, ainda que do ponto de vista competitivo não esteja a ser feliz. A corrida de quarta-feira não lhe tinha corrido particularmente bem e ontem o cenário com vista a uma presença na Final não melhorou. Na primeira corrida do dia, saiu de 26º mas perdeu nove lugares e terminou em 35º Na última manga fez uma bela prova, saiu de 24º e terminou em 16º. À entrada para a Pré-Final sai de 58º e realmente vai ter que fazer pela vida.

Texto: Jorge Cabrita
Fotos: Rotax