Nesta que foi a última e derradeira fase para a conquista do tão desejado ticket para as finais Mundiais, os irmãos Pernia chegaram ao Bombarral com grande vontade de vencer.

Guillermo Pernia, que se iniciou este ano na classe Mini Max, chegou ao Bombarral na luta pela 2 posição.

Piloto muito competitivo, desde muito cedo deixou bem patente que estava para vencer e que não iria baixar os braços perante as dificuldades.

Em Baltar, prova que antecedeu a do Bombarral, deixou-nos excelentes apontamentos com uma condução muito apurada e competitiva.

No primeiro dia de provas do Kartódromo do Oeste, sábado, Guillermo Pernia nos cronometrados consegue o 4º e 3º melhor tempo a escassas centésimas do líder.

Na primeira manga, cedo toma conta da segunda posição, que mantem até ao final da prova. Contudo viria a ser desclassificado por uma penalização algo difícil de aceitar.

Na segunda manga volta a realizar uma excelente prova, terminando na segunda posição.

Domingo, Guillermo provou porque estava a decidir os lugares da frente, ocupando a segunda posição desde cedo conseguindo terminar ambas as mangas em segundo, logo atrás do vencedor da prova.

No somatório dos pontos, Guillermo termina o Troféu Rotax na 3ª posição, com um total de 704 pontos, deixando a mensagem que para o ano estará ainda mais forte.

Gonzalo Pernia, o mais novo dos espartanos, que participa no Trofeu Rotax na classe Micro Academy, teve um fim de semana de menos a mais.

No sábado, foi dos mais lutadores em pista, conseguindo um 7º lugar na primeira manga e um 4º na segunda. No domingo, foi sempre muito constante e assertivo, arrecadando a 2ª posição em ambas as mangas e terminando no somatório final de pontos na 4ª posição geral com 685 pontos.

GUILLERMO PERNIA – PODIO
GUILLERMO PERNIA
GUILLERMO PERNIA
GUILLERMO PERNIA
GONZALO PERNIA
GONZALO PERNIA PODIO
GONZALO PERNIA