Maria Germano Neto, Campeã Nacional de Karting, Cadete

0

 

Maria Germano Neto, piloto vimaranense, faz a sua estreia em 2016, com apenas 5 anos, na Taça de Portugal.

No seu ano de estreia, conquista a tão desejada Taça de Portugal, na categoria de iniciação e classifica-se em terceiro da geral, no Campeonato Nacional de karting, sendo a 1ª entre as senhoras. Nesse ano é, também, nomeada pela FPAK para o prémio “Jovens Promessas do Ano”, galardão atribuído pela Confederação do Desporto de Portugal.

Em 2017, volta a vencer a Taça de Portugal de Senhoras.

No decorrer do ano de 2018, foi convidada pela Praga Racing Team a participar nas Finais Mundiais IAME, em Le Mans, onde se destaca não só pelo facto de ser a mais jovem piloto participante no evento como também pelas excelentes prestações que consegue, nomeadamente a recuperação de 14 posições numa final B; tendo iniciado a corrida na 33ª posição e terminado em 19º lugar.

Em 2019, é convidada a estar presente na Equipa Oficial do Ex piloto de fórmula 1, Fernando Alonso FA Espanha.  Participa no tão competitivo Campeonato de Espanha, onde se consegue impor com uma magnífica vitória na etapa de Campilhos, tornando-se o piloto nacional mais novo de sempre e a menina mais nova de sempre a ganhar uma corrida no Campeonato de Espanha.

Em 2019, vence o Open de Portugal e domina o Campeonato de Portugal de Karting nas duas primeiras provas, Bombarral e Fátima, classificando-se em 1º. Em Leiria, soma um 3º lugar, ficando desta forma com um total de 98 pontos.

Pronta para lutar por mais um bom resultado, em Viana do Castelo, ou até, quem sabe, sair com o título de Campeã Nacional, Maria Germano, após ter realizado uma corrida memorável, foi privada da sua vitória a escassos metros da linha de chegada.

Baltar era o tudo ou nada e Maria Germano chegava aqui em segundo no Campeonato, a 8 pontos do 1º lugar.

Com uma carga emocional muitíssimo grande para uma menina que tinha acabado de fazer 9 anos, pois esquecer o que lhe acontecera em Viana do castelo não era tarefa fácil, como assim foi

nas duas provas internacionais imediatamente seguintes que se realizaram em Zuera (Espanha) e em Salbris (França), e nas quais foi notório algum nervosismo adicional e falta de confiança, Maria Germano não consegue melhor do que o sétimo posto nos cronometrados.

Contudo, graças à sua garra e determinação, a Maria Germano na largada da primeira manga de qualificação, consegue subir 3 posições, logo na primeira volta, indo aos poucos ganhando a confiança de que tanto necessitava para começar a ascensão até ao 2º lugar, posição onde terminou.

Na segunda manga perde uma posição, logo na primeira volta, mas mantém até ao fim a 3ª posição, conseguindo, no somatório das duas mangas, anular a diferença de pontos que a separava do primeiro classificado no campeonato.

O mais difícil estava alcançado e a Maria parte para a Final a depender apenas dela mesmo. “Na final sabíamos que não necessitava de arriscar, que bastaria terminar a corrida à frente do Noah para garantir o título”, referiu o pai da piloto.

Na final, a Maria parte de terceiro, no entanto, perde duas posições, caindo para a quinta posição. Começa mais uma vez a remontada até ao segundo lugar, posição que conseguiu a escassas 4 voltas do fim, gerindo depois a corrida com uma maturidade impressionante para uma menina de tão tenra idade.

Virada a página do Campeonato Português de Karting, com a conquista de mais este título, que faz da Maria o piloto nacional mais novo de sempre a ganhar todas as provas da IAME que se realizam em Portugal, Maria Germano irá tentar vencer mais uma vez a Taça de Portugal, que se realiza nos dias 02 e 03 de novembro, em Palmela.