Em estreia absoluta a correr entre os melhores pilotos mundo da especialidade, Pedro Perino não se deixou intimidar e foi um dos portugueses em destaque da IAME Winter Cup 2019, disputada no Kartódromo Internacional Lucas Guerrero, em Valência. No circuito espanhol, frente a 63 adversários, o piloto de Oeiras surpreendeu ao ser um dos mais rápidos do pelotão da categoria Júnior, logo na Qualificação, na qual garantiu a 18.ª melhor marca e ficou a escassos 0,515s da pole-position. Na última corrida que disputou, Pedro Perino foi 14.º classificado, cumprindo o objetivo de ganhar experiência internacional para o Europeu e, por outro lado, preparar-se melhor para o campeonato, a Taça e o Open de Portugal.

Pedro Perino viveu quatro dias intensos de competição ao mais alto nível na edição 2019 da IAME Winter Cup, no exigente traçado espanhol de Valência. Após vários treinos livres no primeiro dia, na sessão única de treinos cronometrados, disputada por 64 concorrentes no segundo dia, o jovem piloto de Oeiras de apenas 13 anos de idade, mostrou logo a sua rapidez ao estabelecer a 18.ª melhor marca – ficando apenas a cinco décimas de segundo da pole position – não parecendo, assim, ser um estreante numa grande competição internacional onde alinharam 64 pilotos que, na sua maioria, já vão completar 15 anos de idade esta temporada e têm, naturalmente, uma vasta experiência internacional.

Nas mangas de qualificação, Pedro Perino continuou a mostrar-se muito competitivo e, sem se deixar intimidar por ainda ter 13 anos de idade, ombreou com os melhores do mundo, conseguindo posições muito perto do top-20. Contudo, um toque numa das mangas – só para citar este, que foi o mais prejudicial –, fez com que o piloto português não conseguisse o apuramento direto para a Final, sendo obrigado a disputar a corrida de repescagem, juntamente com outros 33 participantes. “Nunca tinha disputado uma prova internacional com tantos e tão bons pilotos de vários países, pelo que ao conseguir ser 18.º mais rápido na qualificação foi, sem dúvida, uma ‘vitória’ para mim, para a minha equipa e para os que acompanham a minha carreira. Foi pena os incidentes de corrida que me obrigaram-me a disputar a corrida de repescagem, mas o mais importante foi que, numa prova onde pretendíamos ganhar mais experiência, mostramos a nossa rapidez entre os 64 melhores pilotos do mundo da especialidade”, comentou Pedro Perino, piloto patrocinado pela Rangel, THL, Hospitec, Prime Tours, Sentidos Beach e Termo Clima.

Texto: Oficial
Fotos: ©VVL Sport Image (José Lourenço, Jorge Cabrita)