Qua. Out 21st, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Portugueses Motivados Para Brilhar no Brasil

3 min read

 

Foto: Rui Vieira (Korridas)

Presentes no Brasil em representação de Portugal para esta edição das Rotax Max Challenge Grand Finals estão seis pilotos portugueses. Inscritos em quatro categorias, estes seis pilotos, a saber, José Barros (Mini-Max), Gonçalo Coutinho e Guilherme de Oliveira (Júnior Max), Mariano Pires e Pedro Pinto (DD2) e ainda Rui Pereira (DD2 Master), já deram excelentes indicações de como poderão este ano ser determinantes numa competição de alto nível como aquela que se disputa no Circuito Internacional Paladino. Um a um aqui ficam alguns dados sobre estes seis talentos que até dia 1 de dezembro reforçam aquele facto histórico que diz que os portugueses  ‘são poucos mas bons’.

Aos 13 anos de idade, José Barros estreia-se nas Rotax Max Challenge Frand Finals, alinhando na categoria Mini-Max. O piloto nortenho venceu este ano as Séries Rotax (Espanha) e ainda subiu ao degrau mais alto do pódio na Taça dos Campeões de 2017 e na Copa Mojo, em 2015. No Brasil, a sua meta é superar-se, dando o seu melhor. Se isso significar vencer, tanto melhor.
Gonçalo Coutinho estará no Brasil a competir na Sénior Max. Aos 17 anos, participa pela segunda vez numa edição da Rotax Max Challenge Grand Finals. Tem no seu palmarés a vitória no Rotax Max Challenge Portugal em 2014 e é bi-campeão Sénior Max no Rotax Max Challenge Portugal em 2017/2018. No Brasil a meta está em chegar aos 10 primeiros na Final.
Com apenas 13 anos de idade, Guilherme de Oliveira é já um nome bastante respeitado a nível mundial, entre os participantes da Júnior Max. Este verdadeiro talento, já colecciona títulos no karting que o fazem ser sempre um candidato às vitórias seja onde for e isso inclui o Circuito Internacional Paladino. É bi-campeão nacional Rotax (2017/1018), campeão ibérico Rotax 2018, campeão espanhol Rotax em 2018, campeão nacional Júnior em 2017 e vencedor da Taça de Portugal Juvenil em 2016, além de ter ficado em 10º no europeu Rotax de 2018. Sobre a competição no Brasil, referiu, “Estou muito contente por estar de novo junto dos melhores do mundo e o objectivo é tentar apurar-me para a Final. Quero dar o meu melhor, para tentar melhorar a minha classificação no ano passado.”
Mariano Pires é talvez o piloto mais experiente da comitiva portuguesa nas Rotax Max Challenge Grand Finals. Aos 18 anos, estará pela quinta vez presente no evento Rotax mais importante do ano, inscrito na categoria DD2. Talvez por isso, não seja descabido que o seu objectivo passe por assegurar um lugar no pódio. Além do mais, o currículo é vasto. Foi campeão Rotax Max Challenge Portugal em 2014, 2015 e 2016, campeão Rotax Max Challenge Espanha em 2018 e, após já ter começado a ‘dar o salto’ para os automóveis, venceu este ano a KIA Picanto GT Cup.
No Brasil, Pedro Pinto somará a terceira participação nas Rotax Max Challenge Grand Finals. O piloto de 22 anos corre na DD2 e tem como objectivo inicial um lugar na Final. No seu currículo, o grande destaque vai para os títulos obtidos na Rotax Max Challenge Porttugal (DD2) em 2017 e 2018. Foi também vice-campeão RMC Portugal em 2014 e 2015. Fora de portas, foi 3º no Rotax Max Challenge Internacional Open Max em 2014.
Com 32 anos, Rui Pereira é o único português na DD2 Master. O piloto leva consigo uma enorme vontade de brilhar ao mais alto nível no Brasil, embora assuma que o objectivo principal é sair da América do Sul com a consciência de que deu o máximo em pista, para obter a melhor classificação possível. Participa pela primeira vez nas Rotax Max Challenge Grand Finals, embora na península ibérica tenha um currículo invejável; bi-campeão regional Rotax DD2 em 2015/2016, 3º classificado no Troféu Rotax 2017 (DD2), vencedor da Taça Ibérica RMC em 2018 (DD2 Master), vencedor do Troféu Rotax Portugal em 2018 (DD2 Master) e Campeão das Séries Rotax Espanha em 2018 (DD2 Master).

Texto: André Maurício
Fotos: José Lourenço

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas