Ter. Out 27th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Tomás Ribeiro Imbatível no Bombarral

3 min read

Tomás Ribeiro (Tonykart/IAME X30/Júnior)

 

Tomás Ribeiro (Tonykart/IAME X30/Júnior)

Sendo uma das mais espetaculares categorias do karting de competição, foi com alguma tristeza que vimos apenas 10 karts da Júnior a competir pela vitória no Open de Portugal. Ainda assim, deu para perceber pelo desempenho dos pilotos presentes no Kartódromo Internacional da Região Oeste, que a categoria está viva e tem muita qualidade. Sobressaiu a performance de Tomás Ribeiro, um de vários pilotos a brilhar durante o fim de semana e sem dúvida aquele que se impôs em toda a linha.

Tomás Ribeiro assumiu a liderança no arranque da Final da Júnior.

Ganhou Tudo

Depois de estar muito bem e vencer no sábado a primeira manga de qualificação da Júnior, Tomás Ribeiro prosseguiu o seu excelente desempenho no Domingo, desde logo vencendo durante a manhã a 2ª manga de qualificação. Motivado pelo bom desempenho, o piloto de Fafe saiu da frente na Final e desde logo abriu uma margem de segurança para os seus adversários, liderados pelo muito motivado Pedro Perino, que na fase inicial da prova dava mostras de vir a ser outro candidato ao degrau mais alto do pódio. No entanto,o piloto de Oeiras acabou por levar longe de mais a sua fogosidade e num momento de menor sorte bateu violentamente com o seu kart na irregularidade de um dos corretores do traçado, o que lhe veio a danificar o radiador e causar o abandono.

Luis Leão

Embora o domínio exercido na prova por Tomás Ribeiro fosse evidente, teremos que determinar um denominador comum para a Final de Júnior sendo esse o equilíbrio, com vários pilotos a desempenharem papel de relevo. Desde logo, os que se classificaram atrás do vencedor no agitar da bandeira de xadrez, Luis Leão, Matilde Ferreira e Miguel Silva. O piloto do Cabo do Mundo Kart Team esteve forte em pista aos comandos do Exprit/IAME X30/Júnior), embora os 8.566 segundos de atraso para o vencedor mostrem bem como a corrida foi outra, atrás de Tomás Ribeiro. Luis Leão teve que lutar muito para se impor à ‘enorme’ Matilde Ferreira, que em dia de aniversário e na perspetiva de não efetuar mais nenhuma corrida este ano, esteve a todos os níveis brilhante extraindo o máximo do seu Praga/IAME X30/Júnior), o que lhe garantiu o derradeiro lugar do pódio e a vitória no feminino.

Matilde Ferreira

Uma palavra de incentivo também para Miguel Silva, que aos comandos do Praga/IAME X30/Júnior se mostrou sempre como um dos candidatos ao pódio da categoria no Open de Portugal. Numa corrida muito interessante de acompanhar, em luta constante com Luis Leão e Matilde Ferreira, Miguel Silva acabou em 4º, com apenas pouco mais de duas décimas de segundo a separarem os três pilotos.

A fechar o top cinco na prova do Bombarral e com uma prestação que foi sempre subindo durante o fim de semana, José Barros mostra no seu segundo evento de Júnior que vai ser preciso contar com ele, na luta pelas posições de relevo de uma temporada que este fim de semana se iniciou. O piloto do Porto veio para esta prova sem ilusões e terminou no top cinco, tendo sido seguido pelos dois pilotos da Escola de Karting do Oeste, Santiago Ribeiro e Diogo Martins, ambos em Birel ART/IAME X30/Júnior. Na última posição ficou Diogo Sobreiro (Kart Republic/IAME X30/Júnior).

Como referimos atrás, Pedro Perino acabou por abandonar a Final, tal como já o havia feito nas voltas iniciais o piloto Duarte Pinto Coelho. Este último, partia para a Final com uma mentalidade positiva, depois de ter tido um excelente desempenho na 2ª manga de qualificação, em que foi 5º. Na Final, abandonou quando se preparava para concluir a primeira volta da corrida.

This slideshow requires JavaScript.

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: ©VVL Sport Image (José Lourenço)

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas