Novos Pilotos Emergem em Sarno Para A Luta Pelos Títulos

A WSK Euro Series retomou ‘a sua história’ no passado fim de semana de Sarno (Itália). Novos pilotos surgiram nas posições de topo, nesta importante competição que por direito próprio está na ‘cena’ do karting internacional. O fim de semana foi recheado de surpresas, dele surgindo várias alterações no topo da classificação nas quatro categorias. Os vencedores que surgem do ‘fim de semana napolitano’ são agora os favoritos para a próxima etapa da competição, agendada para 28 de abril, no traçado francês de Angerville.

William Macintyre (Parolin/TM/VEGA) – 60 Mini

William Macintyre venceu na 60 Mini

Foi o belga Douwe Dedecker (Parolin/TM/VEGA), quem começou a Final da frente na 60 Mini, mas acabou por não ser feliz abandonando decorridas duas voltas. Nessa altura, o italiano Andrea Filaferro tomou a ‘ponta da prova’ no Tonykart/TM/VEGA. O italiano foi bastante pressionado pelo britânico William Macintyre, que acabou mesmo por colocar o Parolin/TM/VEGA na frente, até receber a bandeirada de xadrez como vencedor. Quando perdeu a liderança, Filaferro veio mesmo a ceder também o segundo lugar ao jamaicano Alex Powell, que levou o Energy/TM/VEGA ao degrau intermédio do pódio. Filaferro foi terceiro, à frente do russo Aleksandr Tibekin (DR/TM/VEGA) e do americano James Luis Egozi (Tonykart/Vortex/VEGA), que fecharam o top cinco.

Nas contas da categoria, Macintyre é líder com 80 pontos, seguido de Alex Powell com 58.

Nikita Bedrin (Tonykart/Vortex/VEGA) – OK Júnior

Nikita Bedrin Impõe-se na OK Júnior

O russo Nikita Bedrin (Tonykart/Vortex/VEGA) foi completamente dominador na categoria desde os treinos cronometrados. Sobressaiu na frente no Qualifying, prosseguiu nesse registo nas mangas de qualificação, na Pré-Final e depois também na Final. Nesta corrida decisiva, fora do alcance do russo, chegaram na segunda e terceira posições o holandês Thomas Ten Brinke (FA/Vortex/VEGA e o britânico Jamie Day (Exprit/Vortex/VEGA. As restantes posições do top cinco foram garantidas pelo holandês Robert De Haan (Energy/TM/VEGA) e pelo italiano Andrea Alfio Spina (KR/Iame/VEGA).

Nas contas da categoria, Bedrin segue líder com 90 pontos, seguido de Robert De Haan com 41.

Dino Beganovic (Tonykart/Vortex/Bridgestone) – OK

Dino Beganovic Vitorioso na OK

O sueco Dino Beganovic (Tonykart/Vortex/Bridgestone) esteve muito forte no dia de Domingo, vencendo a Final da OK, após liderar a corrida desde o início. Já havia vencido a Pré-Final do mesmo modo. Na corrida decisiva, atrás dele chegou o italiano Luigi Coluccio (Birel ART/TM/Bridgestone) e o finlandês Nikolas Pirttilahti (KR/Iame/Bridgestone) garantiu o derradeiro lugar do pódio após ter saído do 10º lugar no início da corrida. O britânico Joseph Turney (Tonykart/Vortex/Bridgestone) e o alemão Hugo Sasse (KR/Iame/Bridgestone) asseguraram as restantes posições do top cinco.

Nas contas da OK, Beganovic lidera com 89 pontos, seguido de Coluccio com 48.

O pódio da KZ2 em Sarno

Simo Puhakka Impõe-se na ‘Batalha de Titãs’ da KZ2

Foi um surpreendente Simo Puhakka (Tonykart/Vortex/Bridgestone) quem se impôs na ‘luz verde’ para a Final da KZ2 em Sarno. Vindo da segunda linha da grelha de partida, o finlandês instalou-se na liderança até ao final da prova. Na segunda posição chegou o holandês Bas Lammers, que após um brilhante desempenho na Pré-Final era por direito próprio favorito para a Final. Atrás do holandês, no derradeiro lugar do pódio, chegou o francês Anthony Abasse que teve que abdicar da segunda posição na sequência da forte ponta final de Bas Lammers. Os italianos Marco Ardigó (Tonykart/Vortex/Bridgestone) e Riccardo Longhi (Birel ART/TM/Bridgestone) por esta ordem fecharam as posições do top cinco.

Nas contas da KZ2, Puhakka é líder com 70 pontos, seguido de Abasse com 59.

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: ©WSK Promotion/Press.net Images