Ir para a barra de ferramentas
Dezembro 1, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Ecos do Open: José Pinheiro Conquista Open de Portugal de Karting

2 min read

 

“Tive um fim de semana muito positivo, embora a Final tenha sido muito mais complicada que o que pareceu”, disse José Pinheiro. “Trabalhámos muito para a corrida na noite de sábado, revendo todas as afinações do kart para que não fosse surpreendido em pista, o que havia sucedido na 2ª manga de qualificação. Sinceramente, na 2ª manga de qualificação fui prejudicado porque o meu adversário foi com pneus novos, pois no dia anterior não tinha corrido e eu e todos os outros participantes ficámos em desvantagem, ao sermos obrigados a usar os mesmos pneus do início da competição. Felizmente pude vencer a Final, tal como havia feito na 1ª manga de qualificação. Estou muito feliz com o meu resultado e ainda mais motivado para o resto da temporada que agora se iniciou no meu país. Quero agradecer ao Vitória de Guimarães, a todas as pessoas que me apoiam e aos meus patrocinadores, Cachorrão, Paulo Abreu Lda, Kartódromo de Fafe e ainda à Skywalker Racing Management.”

José Pinheiro teve um fim de semana muito positivo no Kartódromo Internacional da Região Oeste, palco para a abertura da temporada nacional de karting. Inserido na Praga Portugal, para fazer uso de um Praga/IAME Puma, o ‘conquistador’ esteve muito bem desde logo na sessão de treinos cronometrados, garantindo o segundo melhor tempo, a 0.063 segundos do autor da pole position.

Na tarde de sábado, José Pinheiro venceu a primeira manga de qualificação. Saindo da segunda posição, o vimaranense cedo se instalou na frente, cimentando uma vantagem que no final da prova se registou em 1.532 segundos.

No Domingo de manhã, Pinheiro voltou a estar ao mais alto nível na segunda manga de qualificação, embora não tenha conseguido melhor que o segundo lugar. O piloto acabou por estar em desvantagem face ao vencedor, que não havia participado nas provas no dia anterior, fruto de uma indisposição. Beneficiando de pneus novos, o seu adversário viu-se em vantagem durante a corrida, enquanto José Pinheiro teve que seguir o regulamento e usar o mesmo jogo de pneus do dia anterior. Ainda assim, o piloto apoiado pelo Vitória de Guimarães chegou na segunda posição, a apenas 0.654 segundos do vencedor.

Na Final, corrida decisiva, José Pinheiro mostrou no Kartódromo do Bombarral todo o seu talento, assumindo a primeira posição logo no arranque e não mais daí saindo até ao fim. Embora pressionado nas primeiras voltas, o piloto inserido na estrutura de Tiago Monteiro, a Skywalkwer Racing Management, incutiu um ritmo bastante forte durante toda a corrida, conquistando o Open de Portugal, primeira prova do seu extenso calendário nacional de karting.

Texto: ©ComuniKart
Fotos: ©ComuniKart/VVL Sport Image

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share