Dom. Set 20th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Norma Racing Team Garante Pódios na Visita do Troféu Rotax a Baltar

4 min read

Jesse Doorgeest

 

Jesse Doorgeest

Com os pilotos Oliver Moran (Micro-Academy), Pedro Perino e Diego Frutuoso (Júnior), Jesse Doorgeest e Leonardo Guimarães (Max), a Norma Racing Team esteve fortemente empenhada na 3ª jornada dupla do Troféu Rotax, a penúltima do ano, realizada no passado fim de semana no Kartódromo de Baltar.

Na categoria Micro, a equipa gerida por Nuno Martins esteve representada pelo seu mais recente piloto, Oliver Doctor Moran, que no traçado dos arredores do Porto se estreou aos comandos de um Tonykart. O piloto espanhol teve um bom desempenho nos dois dias de prova, embora se esteja ainda a adaptar ao novo equipamento. No sábado merece destaque o 4º melhor tempo dos treinos cronometrados, posição que foi repetida na Corrida 1. Na Corrida 2, não foi além do 8º posto. No Domingo, o jovem oriundo do país vizinho melhorou, assegurando o 3º melhor tempo dos treinos cronometrados, a 0.812s da pole position. Nas corridas de Domingo, Oliver Moran foi 4º e 7º.

Oliver Doctor Moran

Na categoria Júnior, a equipa contou com Pedro Perino e com o angolano Diego Frutuoso, que se estreou a competir em Portugal. Pedro Perino teve algumas dificuldades com o seu Tonykart no sábado, dia em que teve como melhor resultado um 5º lugar na Corrida 2. Com os problemas resolvidos para Domingo, o piloto de Oeiras efetuou o 2º melhor tempo nos treinos cronometrados, com a volta em 48.869s a deixá-lo a ‘magros’ 0.055s da pole position. Nas corridas, Pedro Perino foi 4º na primeira e viria a vencer a segunda, o que lhe deu, na soma das duas, o 2º lugar final.

Pedro Perino

Diego Frutoso, piloto que tem tido excelentes prestações em Angola, chegou ao Kartódromo de Baltar como que na estaca zero, já que a pista lhe era completamente desconhecida. Num dos traçados mais técnicos de karting em Portugal, o jovem angolano mostrou-se ao seu nível, ou seja muito bem. Num dos pelotões mais competitivos do Troféu Rotax, Diego Frutoso foi 12º nos treinos cronometrados de sábado, para ainda nesse dia ser 14º em ambas as corridas. No Domingo, teve o seu melhor desempenho na Corrida 1, na qual largou da 14ª posição para concluir em 10º, sendo 14ª na Corrida 2.

Diego Frutuoso

Na Max, Jesse Doorgeest e Leonardo Guimarães representaram a equipa. O holandês, habitualmente posicionado nos lugares cimeiros, teve no sábado algumas dificuldades de adaptação a uma pista muito técnica, garantindo o 6º lugar em ambas as corridas. No Domingo, já mais adaptado ao traçado, Jesse Doorgeest garantiu o 3º melhor tempo nos treinos cronometrados, sendo 5º na Corrida 1 e 2º na Corrida 2, sem dúvida o seu melhor desempenho do fim de semana. Na soma das duas corridas, garantiu a 2ª posição.

Leonardo Guimarães

Leonardo Guimarães prosseguiu em Baltar a sua adaptação à competição, já que é inexperiente e nesta fase tenta ganhar ritmo, sem grande foco nas classificações. O piloto nunca conseguiu fugir dos últimos lugares, mas mostrou clara evolução relativamente às provas anteriores, estando já mais próximo do nível competitivo dos seus rivais.

Nuno Martins

“Nesta prova tivemos dois novos pilotos, um deles estreante em portugal, na categoria Júnior. O Oliver Moran, que veio para o tem para competir na Micro Academy, teve uma adaptação bastante positiva, trata-se de um piloto muito jovem, que ao longo do fim de semana foi evoluindo na comunicação connosco e na pista”, disse Nuno Martins, responsável da Norma Racing Team. “Podia ter conseguido melhores classificações, mas a sua inexperiência esteve visível pela forma como não conseguiu evitar levar alguns toques que acabaram por o prejudicar. Na Júnior, conseguimos um pódio com o Pedro Perino no Domingo, além da vitória na Corrida 2. No sábado tivemos alguns problemas de material, que foram detetados e resolvidos para que o Domingo corresse melhor. Ainda na Júnior, contámos com o angolano Diego Frutuoso, que correu pela primeira vez em Portugal e num kartódromo, já que em Angola basicamente se corre em circuitos urbanos. A sua integração, adaptação e evolução foram bastante positivas, até mesmo na forma como conseguiu comunicar com a equipa e com os outros pilotos. Na Max, o Jesse não teve um fim de semana fácil, porque esta pista não é muito adequada ao seu estilo de condução. Ele é muito rápido e agressivo e esta pista é ‘à antiga’, muito técnica e traiçoeira com as subidas e descidas. Mesmo assim, conseguimos um pódio no Domingo, com a 2ª posição. Com o Leonardo, ‘vencemos mais uma batalha’. Ainda que o resultado final não o mostre, ele tem evoluído imenso e já consegue ter disputas de posição com alguns dos outros pilotos em pista, embora precise de ganhar mais ritmo e perder peso. Está motivado, a trabalhar a sua condição física e se continuar a evoluir desta forma, estará em breve bem mais competitivo.”

Texto: ©ComuniKart
Fotos: ComuniKart/VVL Sport Image

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas