Ir para a barra de ferramentas
Dezembro 1, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Os Ingleses Slater e Bradshaw vencem em Portugal

4 min read

A final do Campeonato Mundial de Karting da FIA 2020 foi farta em reviravoltas antes de coroar dois novos campeões britânicos. A chuva constante no domingo, desempenhou um papel importante no resultado final. Freddie Slater, vencedor nos últimos metros na categoria Júnior, e Callum Bradshaw, domina na final OK.

Infelizmente não conseguimos ter nenhum dos nossos pilotos na final, pois o melhor resultado conseguido depois da soma de pontos foi o de Jesse Doorgeest/Tonykart, com 77 pontos, ou seja, 17 pontos a mais do que o ultimo piloto a consegui a qualificação para as finais, Pedro Perino/KR/Cabo Júnior Team foi o segundo melhor dos portugueses e Miguel Silva/Parolin o terceiro melhor.

Também na OK Júnior a sorte não esteve com os nossos jovens pilotos, não se qualificando para as Finais, Ivan Domingues/ Leclerc by Lennox Racing foi o que mais se destacou dos três pilotos portugueses presentes nesta classe, seguido pelo Rodrigo Testa/KR/Cabo Júnior Team e pelo Diogo Castro/ Formula K Racing Team.

A chuva não caiu durante todo o dia, mas o circuito de Portimão manteve-se constantemente molhado durante toda a competição. O contraste com o dia anterior configurou um novo equilíbrio de forças nas últimas mangas de qualificação da manhã. Sendo praticamente impossível escapar de todas as armadilhas criadas pela muita agua existente em pista, houve muitos incidentes de corrida. Vários pilotos deixaram suas ambições á beira do traçado, dada a grande quantidade de saídas de pista.

 

OK JúniorSlater vence nos ultimos metros.

Slater Freddie, OK-Junior, GBR, Kosmic / Vortex / MG, Ricky Flynn Motorsport, FIA Karting World Championship, PORTIMÃO, International Race, © KSP Reportages

Christian Ho (SGP – KR / Iame / MG) largou da pole position para a final ao lado do Campeão Europeu Ugo Ugochukwu (EUA – KR / Iame / MG). Um pequeno incidente envolvendo vários karts ocorreu logo após a largada e o procedimento “lento” foi iniciado para limpar a pista e seus arredores. Freddie Slater (GBR – Kosmic / Vortex / MG) já havia assumido a liderança e Ho o perseguia. Harry Burgoyne (GBR – KR / Iame / MG) e Arvid Lindblad (GBR – KR / Iame / MG) vieram se juntar à batalha. A da corrida, Slater parecia estar a caminho de uma vitória fácil com sua liderança de mais de 1,5 “, mas Lindblad voou sobre a pista molhada e chegou á sua traseira nas últimas voltas. Uma luta intensa entre Lindblad e Slater foi presenciada por Ho que saindo um pouco da pista, perdeu o contacto com os lideres. Lindblad parecia estar em posição de conquistar a vitória nas últimas curvas, mas Slater não desistiu e finalmente venceu por alguns milésimos de segundo. Lindblad foi então penalizado por uma carenagem frontal incorretamente posicionada e foi Tuukka Taponen (FIN – Tony Kart / Vortex / MG) quem ficou com o segundo lugar com um ganho de sete lugares. Ainda presente no grupo da frente, Burgoyne terminou em terceiro no pódio, à frente de Ho e Lindblad na quinta posição.

Slater Freddie, OK-Junior, GBR, Kosmic / Vortex / MG, Ricky Flynn Motorsport, FIA Karting World Championship, PORTIMÃO, International Race, © KSP Reportages

Freddie Slater foi coroado Campeão Mundial de Karting da FIA OK Júnior aos 12 anos com as cores da equipe Ricky Flynn Motorsport.

 

OK – Imparável, Bradshaw na final

Bradshaw Callum, OK, GBR, Tony Kart / Vortex / LeCont, Tony Kart Racing Team, FIA Karting World Championship, PORTIMÃO, International Race, © KSP Reportages

 

A chuva tinha acalmado na hora da largada, mas a pista ainda estava molhada. Uma colisão ocorreu logo depois que as luzes se apagaram e a corrida foi anulada. Uma nova largada foi dada 25 minutos depois, mas nem Andrea Kimi Antonelli (ITA – KR / Iame / LeCont), nem Maya Weug (NLD – Birel ART / TM Racing / LeCont) conseguiram voltar à pista.

Bradshaw largou bem e rapidamente se destacou nestas condições de pista. Barnard não conseguiu acompanhar seu ritmo rápido e logo foi ameaçado por Hiltbrand e seu companheiro de equipe Joe Turney (GBR – Tony Kart / Vortex / LeCont). Mais atrás, alguns incidentes continuaram a eliminar concorrentes de peso, sem nunca reduzir o ritmo, Bradshaw deixou sua alegria explodir ao cruzar a linha de chegada mais de seis segundos à frente de Turney e Hiltbrand, uma vitória tripla para a Tony Kart Racing Team.

Aos 19 anos, o piloto britânico Callum Bradshaw foi coroado Campeão do Mundo de Karting da FIA – OK com as cores da Tony Kart Racing Team.

Texto José Lourenço

Imagens KSP

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share