Dom. Set 27th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Portugueses em Alta Ontem nas Finais Rotax

4 min read

 

O dia de ontem no Circuito Internacional Paladino tornou a ser de mangas de qualificação, com os pilotos portugueses a mostrarem, mais uma vez nesta edição das Rotax Max Challenge Grand Finals, verdadeiro espírito guerreiro. Todos estiveram bem e isso está comprovado nos resultados finais, embora aqui e ali o azar tenha batido à porta de alguns deles.

José Barros

O ‘nosso menino’ da Mini-Max tornou ontem a ter uma prestação bastante positiva, queimando etapas para o melhor posicionamento na Final de amanhã. Na manga de qualificação disputada ontem, o José Barros foi 12º, tendo ganho duas posições durante a prova, relativamente ao lugar que ocupou na grelha de partida. Com esta prestação, o português concluiu o dia na 13ª posição da tabela de pontos (entre 36 pilotos).

Guilherme de Oliveira

Guilherme de Oliveira continua a ter um desempenho a todos os níveis brilhante nesta edição das Rotax Max Challenge Grand Finals. Ontem, as coisas não lhe correram bem, com o piloto português a não ser bafejado pela sorte em ambas as corridas. Na primeira manga de qualificação do dia, O Guilherme saía da 4ª posição mas a corrida não lhe correu bem e acabou em 9º lugar. Na segunda manga, uma prestação muito positiva ter-lhe-ia garantido o 5º lugar, mas ao ser vítima de um toque que lhe danificou o bico do kart, acabou penalizado e relegado para a 16ª posição. Neste cenário, o português caiu na classificação geral e ocupa actualmente o 16ª lugar, saindo da 8ª linha para a Pré-Final de hoje.

Gonçalo Coutinho

Mais um dia de mangas de qualificação na Sénior e outra vez Gonçalo Coutinho a revelar-se eficaz em pista. Nas duas mangas disputadas ontem, começou por ser 11º, mantendo o lugar de onde saiu para a corrida. Na 2ª manga de qualificação perdeu dois lugares, concluindo em 13º. Contas feitas, embora à hora deste artigo ainda não tenhamos a classificação oficial, deverá estar seguramente bem dentro do top 13, entre 72 pilotos.

Mariano Pires

Depois de na primeira manga de qualificação (quarta-feira), Mariano Pires ter sido prejudicado por um toque e concluído em 13º, ontem tornou a passar por dificuldades. Na primeira manga de qualificação do dia terminou em 14º, perdendo nove lugares relativamente à posição de partida. Já na segunda corrida, acabou em 8º. À hora desta matéria, ainda não sabemos qual a classificação da DD2 nem o lugar que pertence ao jovem talentoso piloto português.

Pedro Pinto

Depois de também ter tido problemas na única manga de qualificação disputada na quarta-feira, Pedro Pinto sabia que ontem teria que ter um dia positivo. O português, muito focado cumpriu literalmente o propósito de recuperar. Na primeira manga do dia, terminou em 17º, recuperando oito posições na corrida. Na segunda manga de qualificação, saindo de 25º, o Pedro tornou a não ser feliz, perdeu quatro lugares e acabou em 29º.

Rui Pereira 

Depois dos problemas técnicos no equipamento de Rui Pereira, aos quais o piloto foi totalmente alheio e que o prejudicaram no dia de quarta-feira, a missão de ontem era literalmente subir na tabela. Na primeira manga de qualificação, o piloto português acabou por de novo ser vítima do azar, concluindo em 27º, após perder 12 posições. Na derradeira corrida do dia, Rui Pereira saiu de 15º e concluiu no 11º lugar. Tal como na DD2 e na Sénior, até este momento, não nos é possível saber a actual posição do piloto português, nem de onde parte para a Pré-Final

Nota da Karting Global

Lamentavelmente, neste artigo, não conseguimos concretizar a nossa missão de assegurar diariamente fotos de todos os pilotos portugueses a competir nas Finais Rotax do Brasil. Apesar de a milhares de quilómetros de distância, apesar dos nossos inúmeros esforços para tentar assegurar a chegada de uma foto de cada piloto português, apesar de nos dias de hoje até os telemóveis fazerem fotos de altíssima qualidade, hoje não nos é possível dar a mesma atenção a todos. Por este facto, pedimos desde já as nossas desculpas. Estamos a fazer um trabalho esforçado e de enorme dedicação aos pilotos portugueses e ao karting. Seria bom que as entidades e as marcas passassem a contar com o nosso empenho para dele tirarem o melhor partido. A Karting Global não existe apenas para ser mais um projecto de karting. É bom que se habituem ao facto de que realmente pretendemos fazer a diferença.

Texto: Jorge Cabrita
Fotos: Rotax

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas