Dom. Set 27th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Powell, Barnard, Travisanutto e Lammers Vencem 1ª Ronda da WSK Final Cup

4 min read

 

O pódio do South Garda Karting de Lonato (Itália), foi palco para as celebrações dos ‘laureados’ na etapa de abertura da WSK Final Cup. Os vencedores foram Alex Powell (60 Mini), Taylor Barnard (OK Júnior), Lorenzo Travisanutto (OK) e Bas Lammers (KZ2). A próxima etapa disputa-se em Castelletto di Branduzzo a 11 de novembro.

‘Bandeira Verde’ para a WSK Final Cup Deu-se em Lonato

Apenas três fins de semana de corridas separam este, acabado de concluir em Lonato (Itália), daquele que marcará o fecho da temporada, a 25 de novembro em Adria, altura em que o ‘plantel’ de participantes à WSK Final Cup irá ‘sem medos’ competir pela vitória na competição. Na prova de abertura, foram vários os nomes sonantes da modalidade que marcaram presença. Outros se preparam para o fazer na ronda seguinte, que tem como palco o Circuito dos 7 Lagos, em Castelletto di Branduzzo (11 novembro).

Lorenzo Travisanutto (OK) – KR/Parilla/Bridgestone)

Lorenzo Travisanutto Começa a Vencer na OK

O primeiro vencedor da OK na WSK Final Cup foi o italiano Lorenzo Travisanutto (KR/Parilla/Bridgestone). Em altíssimo nível no fim-de-semana de Lonato, Travisanutto levou de vencida todas as mangas de qualificação, a sua pré-final (A), rematando a presença em Lonato com a vitória na Final.

Entre a concorrência, destacou-se o holandês Kas Haverkort (CRG/TM), que recuperou de alguns azares nas mangas de qualificação para vencer a pré-final B, mas na derradeira e decisiva corrida teve que se contentar com a segunda posição, à frente de Luigi Coluccio (Birel ART/TM), que ainda foi ameaçador na reta final durante a última volta.

Alex Powell (60 Mini) – Energy/TM/VEGA)

Alex Powell Faz a Diferença na 60 Mini

Ainda que muito jovem, Alex Powell (Energy/TM/VEGA), veio da Jamaica decidido a postar-se na ribalta. E chegado a Itália conseguiu fazer isso, desde logo ao se impor à jovem promessa Guido Badoer, filho do ex-piloto Luca Badoer. No entanto, convém referir que estes dois disputaram ao limite a vitória na Final. Aliás, andaram sempre a trocar de posição na liderança, durante todo o fim-de-semana, vencendo ainda cada um deles uma pré-final. No início da derradeira e decisiva corrida, Powell colocou-se na liderança, enquanto que Badoer cedeu temporariamente a segunda posição ao britânico Coskun Irfan (Parolin/TM).

Na segunda fase da Final, o italiano veio a recuperar o segundo posto, mas Powell já estava fora de alcance.

Taylor Barnard (OKJ) – KR-Parilla/VEGA)

Corrida de Recuperação Dá a Vitória a Taylor Barnard na OK Júnior

Para o britânico Taylor Barnard (KR/Parilla/VEGA), a pré-final A veio a representar um ponto de viragem na sua missão de vencer na OKJ. Após alguns dissabores nas mangas de qualificação que o colocavam fora da luta pelas primeiras posições na Final, Barnard fez uma pré-final de recuperação, chegando à vitória, o que lhe garantiu ‘assento’ na pole para a corrida decisiva.

A Final veio a ser liderada por Barnard desde o arranque, mas houve que lutar para defender essa posição do russo Nikita Bedrin (TonyKart/Vortex), já que este esteve também muito forte. Convém referir que também Bedrin teve percalços nas mangas de qualificação, sendo forçado a uma corrida de recuperação na Final.

Atrás do russo, na caminhada para o pódio, veio a classificar-se o compatriota Kirill Smal (TonyKart/Vortex), que acabou 4º, mas beneficiou da penalização atribuída ao italiano Gabriele Mini (Parolin/TM), pelo seu controverso comportamento em pista.

Bas Lammers (KZ2) – SodiKart/TM/Bridgestone

Bas Lammers Vitorioso na KZ2

Bas Lammers (SodiKart/TM/Bridgestone) foi dominador no fim-de-semana da KZ2 em Lonato. O holandês impôs um ritmo bastante forte em todas as mangas de qualificação, na pré-final e também na Final, levando a concorrência de vencida. Apenas na fase decisiva da Final, nas ultimas voltas, Lammers teve que se defender do forte andamento do finlandês Simo Puhakka(TonyKart/Vortex), que veio a ser segundo.

No derradeiro lugar do pódio, colocou-se o italiano Marco Ardigó (TonyKart/Vortex), que também andou junto aos dois primeiros na Final da KZ2.

Texto: André Maurício
Fotos: Press.net Images

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas