Ter. Set 22nd, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Rosberg Racing: Missão Cumprida na WSK Final Cup

2 min read

 

A Rosberg Young Drivers Academy concluiu esta edição da WSK Final Cup com distinção. O balanço final é extremamente positivo, especialmente se levarmos em linha de conta a forma como dois dos seus pilotos foram verdadeiramente dominadores nas categorias OK Júnior e OK. O sueco Taylor Barnard venceu a competição na OK Júnior, tarefa idêntica à conseguida pelo italiano Lorenzo travisanutto em OK.

Taylor Barnard Vence OK Júnior na Matemática

Na Júnior, a Rosberg Young Drivers Academy apostava em dois pilotos, mas aquele que realmente se destacou no início foi o sueco Taylor Barnard, ao vencer na primeira das três etapas da WSK Final Cup, em Lonato. Com este resultado a ser uma boa  motivação, veio a incerteza de uma segunda etapa menos bem conseguida, no Circuito dos 7 Lagos, em Castelletto di Branduzzo. O sexto lugar aí obtido forçava a algum esforço na visita a Adria Karting Raceway, onde Barnard via um objectivo maior, vencer a WSK Final Cup. Na derradeira etapa, no traçado ali às portas de Parco del Delta del Po, Barnard ‘queimou etapas’ para se superiorizar à concorrência. Ao seu resultado, ajudou a vitória na Pré-Final A e o 4º lugar na Final. O objectivo passou a realidade e este jovem sueco saboreou mesmo uma vitória bem trabalhada.

A boa performance da equipa na OK Júnior foi ainda complementada com o resultado de Andrea Antonelli, que assegurou o 5º lugar na categoria, impressionando pelo seu desempenho em pista e evolução aos comandos de um kart da Júnior

Travisanutto Vence na OK com Relativo À Vontade

Lorenzo Travisanutto venceu a primeira ronda da competição na categoria OK, em Lonato, mas teve problemas em Castelletto que o forçaram a ser certeiro em Adria. Na derradeira etapa da Final Cup, o italiano não teve vida fácil, embora tenha sempre mostrado em pista a sua superioridade. Fez a pole, venceu mangas de qualificação, a Pré-Final, mas na Final acabou por abandonar. No entanto, a quantidade de pontos acumulados na 1ª etapa e nas várias fases da jornada de Adria, tornaram possível que, mesmo sem pontuar na Final, Travisanutto trouxesse ‘o caneco’ para casa.

“Para a Rosberg Young Drivers Academy, Petronas, Arexons e Kart Republic, este ano não poderia ter sido melhor”, disse o team manager Dino Chiesa. “A performance dos nossos karts KR/Parilla permitiu-nos dar oportunidades aos nossos pilotos e eles aproveitaram-nas para mostrar o seu talento. O nosso objectivo foi concretizado, especialmente com o desempenho do pequeno Andrea Kimi Antonelli, que impressionou com os seus primeiros passos na Júnior. Este sucesso é um estímulo para expandirmos as nossas acções aos jovens da 60 Mini em 2019.”

Fotos: Team Rosberg/KSP

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas