Dom. Set 20th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

Sensacional Vitória de Renaudin em Castelletto

3 min read

 

A 2ª etapa da WSK Final Cup de novo exibiu uma vitória para a Sodi em KZ2. Depois de Bas Lammers em Lonato, foi o jovem Adrien Renaudin quem venceu o evento de Castelletto di Branduzzo, após um domínio que diz bastante sobre o potencial do equipamento, assim como do piloto. Durante uma Final plena de suspense, o Campeão Europeu em título, teve que estar ao mais alto nível, após um início de prova que foi quase comprometedor. Este é um bom augúrio do que poderá ser o seu desempenho para o ano, quando começar a competir pelo Sodi Racing Team em KZ.

O tempo não esteve propriamente agradável no Circuito dos 7 Lagos, mas a chuva não apareceu no domingo, durante as corridas decisivas. Presente em pista num Sodi/TM com as cores da CPB Sport, Adrien Renaudin deu poucas hipóteses à concorrência. Desde os Treinos Livres, com a pista escorregadia embora a secar, Renaudin estabeleceu o melhor tempo, à frente do companheiro de equipa Ariel Levi. Embora na primeira manga de qualificação, Renaudin se tenha contentado com o 2º lugar, rapidamente se adaptou a uma pista em que as condições de aderência foram sempre evoluindo, acabando o dia de Sábado com duas vitórias e expressando ainda mais a sua vantagem com a volta mais rápida.

Favorito entre os pilotos dos 125cc, Adrien venceu no Domingo de manhã a Pré-Final, após liderar a concorrência de forma consistente e de novo estabelecer a volta mais rápida. A Final parecia ir correr bem, depois de um arranque bastante controlado, mas eis que de repente Renaudin se vê na 6ª posição. “Cometi um erro ao ir bastante largo numa curva”, admitiu o piloto da CPB Sport. “A culpa foi minha”. Com um atraso de mais de 3.5s para o líder após a segunda volta, a situação apresentava-se bastante desfavorável. No entanto, Adrien colocou todo o seu talento ao volante do Sodi/TM, para reduzir o défice e superar os seus adversários, um a um. Aquilo que parecia impossível, estava a tornar-se bastante real. Com voltas mais rápidas sucessivas, Renaudin voltou à liderança, superiorizando-se à concorrência na penúltima volta, para vencer de forma sensacional.

“Eu quis acima de tudo compensar o meu erro no início da corrida”, disse Adrien Renaudin. “O meu equipamento estava muito bom. A CPB Sport e a Sodi merecem todo este sucesso, por isso fui atrás da vitória. Eu ainda estou a correr pela CPB Sport, a equipa com que sempre estive desde o meu primeiro sucesso internacional, antes de entrar para o ano na estrutura oficial da Sodi em KZ. Agora que estou à frente na classificação da WSK Final Cup, gostava muito de ser capaz de lhes dar a vitória em Adria, daqui a duas semanas”.

Texto: Sodi Racing Team
Tradução: André Maurício
Foto: Oficial/KSP

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas