Dom. Set 20th, 2020

Tudo sobre o Karting de competição

WSK Super Master Series: Rafael Camara Faz Subir ‘A Canarinha’ no Pódio de Adria

2 min read

Rafael Camara - Birel ART/TM/VEGA

 

Rafael Camara – Birel ART/TM/VEGA

O brasileiro Rafael Camara venceu hoje em Adria Karting Raceway a Final da OK Júnior na primeira etapa da WSK Super Master Series. Aos comandos do Birel ART/TM/VEGA oficial, o brasileiro havia terminado a corrida na segunda posição, mas beneficiou da penalização de 10 segundos imposta ao espanhol Josep Martí Sobrepera.

A Final da categoria OK Júnior foi verdadeiramente explosiva, com demasiada intensidade na forma como alguns pilotos se tentaram impor aos adversários no lindíssimo traçado italiano da região de Rovigo. Se a prova valeu pela espetacularidade e incerteza do resultado, a verdade é que alguns pilotos cometeram excessos que lhes valeram penalizações. Outros acabaram vítimas da sua impetuosidade, mas não sem antes estragarem a prova dos seus adversários.

Entre vários pilotos que na liderança se iam tentando impor à concorrência, sobressaiu na fase inicial o italiano Andrea Kimi Antonelli, que tomou a cabeça da corrida no início, com o KR/IAME/VEGA da Rosberg Racing Academy. Atrás de si foram-se aproximando um trio de pilotos muito rápidos, liderados pelo irreverente sueco William Siverholm, no Tonykart/Vortex /VEGA da Ward Racing. O sueco chegou a liderar e veio a ser superado por adversários como Kimi Antonelli e também o brasileiro Rafael Camara e o espanhol Josep Martí Sobrepera, no Tonykart/Vortex/VEGA oficial. Perto do fim da prova, Siverholm foi com demasiada ‘sede ao pote’ no assalto ao líder Antonelli e literalmente jogou-o para fora da pista. O italiano voltou à corrida mas irremediavelmente atrasado.

Depois, a luta pela vitória passou a ser a três, com Camara, Siverholm e Josep Martí a debaterem-se pelo primeiro lugar como se disso a vida deles dependesse. Na última volta, Josep Martí fez Siverholm provar do seu próprio veneno, tocando-o para fora da pista, num incidente que a WSK Promotion veio a considerar evitável. O espanhol foi penalizado em dez segundos e a vitória foi mesmo para o brasileiro Rafael Camara, que durante toda a Final lutou pelo primeiro lugar e sempre sem tocar os seus adversários.

A segunda posição acabou nas mãos do holandês Robert De Haan (Energy/TM/VEGA). O piloto que havia vencido a categoria Júnior nas Finais Mundiais Mundiais Rotax, deu um saboroso pódio à Energy Corse. O derradeiro lugar do pódio acabou pertença de Thomas Ten Brinke, no FA Kart/Vortex/VEGA da Ricky Flinn Motorsport. As derradeiras posições do top cinco foram para o polaco Kuc Marcel (Parolin/TM/VEGA) e para o britânico Arvid Lindblad (Exprit/TM/VEGA).

Texto: ©Jorge Cabrita
Fotos: ©WSK Promotion (Press.net Images)

Translate »
error

Gostou do nosso trabalho? Por favor, partilhe :)

LinkedIn
Share
Ir para a barra de ferramentas